Radar

Primeiro SUV 100% elétrico do brasil chega em junho

   A JAC Motors está lançando o iEV 40, primeiro modelo com propulsão 100% elétrica da marca no Brasil. Trazido da China, mercado que representa mais da metade de todos os modelos elétricos do mundo, o JAC iEV 40 foi responsável pela venda de 43 mil unidades em 2018 naquele país. Esse volume é maior, por exemplo, do que o do campeão de vendas do mercado europeu no ano passado, que não passou de 40 mil unidades vendidas.

   Para ser vendido por aqui, o Grupo SHC, representante da JAC Motors no Brasil, escolheu, entre diversas configurações de capacidade de carga de bateria e equipamentos, a mais completa, a mais equipada, a de maior autonomia. Com preço anunciado de R$ 139.990 e a pré-venda começou em janeiro em toda a rede JAC Motors. As primeiras unidades chegarão às mãos dos compradores ainda no primeiro semestre.

   O carro elétrico da JAC Motors se distinguirá rapidamente da concorrência por diversos aspectos, tanto relacionados ao desempenho e ao baixo consumo quanto à vasta lista de equipamentos de série. “O JAC iEV 40 terá todos os equipamentos que um carro desta faixa de preços pode ter. O grande trunfo do modelo será o sistema de propulsão elétrica, que é extremamente silencioso e econômico, proporciona emissão zero de poluentes e necessita de somente 8 horas para ser recarregado numa tomada comum de 220 volts”, garante Sergio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil.

   Dotado de bateria que acumula capacidade máxima de 40 kWh, o JAC iEV 40 terá autonomia de 300 km, de acordo com o ciclo europeu (NEDC). Para recarregá-lo, o proprietário irá conectá-lo a uma tomada elétrica de 220 volts e aguardará 8 horas. Mas há a opção de “abastecê-lo” no modo rápido: você obterá 80% da carga em apenas 1 hora, desde que se adquira um equipamento próprio.

   O consumo é equivalente ao de um chuveiro elétrico de boa qualidade. “Encher o tanque” – na verdade, recarregar a bateria – custa entre R$ 14 e R$ 18, dependendo do custo da energia elétrica na sua cidade e permite rodar 300 km de acordo com a norma NEDC. Diante da comparação com qualquer modelo movido a motor por combustão (gasolina ou etanol), o JAC iEV 40 tem um custo seis vezes menor por km rodado, além de preservar o meio ambiente com emissão zero de poluentes.

O desafio do Mercedes-Benz Actros SLT foi transportar um Airbus A 320

   Nada é impossível para o Mercedes-Benz Actros SLT. O último desafio foi transportar um Airbus A 320 pela Alemanha, na Europa.

   O caminhão Actros 4163 SLT transportou a aeronave desde Lübeck, passando por Hamburgo, Magdeburg, Nuremberg e Stuttgart, antes de ir para a parte norte da Floresta Negra até o seu destino final: As instalações das forças especiais (KSK – Special Forces Command de Calw).

   A operação do Airbus, que será utilizado para treinamentos, durou 11 dias e devido à sua dimensão chamou a atenção por onde passava: 60 metros de comprimento, 5 metros de largura e 90 toneladas. E a escolha pelo Actros SLT não foi por acaso. A transportadora PAULE optou pelo modelo porque em tarefas extremas é necessário ter 100% de confiabilidade no sucesso da operação.

DAF encontra seu caminhão mais antigo em operação

   A DAF anunciou a procura pelo seu caminhão mais antigo ainda em operação no início de 2018, quando a empresa celebrou seu 90º aniversário. A busca foi lançada com um vídeo nas redes sociais, apresentando um comerciante de gado que tem conduzido seu caminhão DAF pela Irlanda desde o início da década de 1980.

   O vídeo contou com mais meio milhão de visualizações, gerando uma avalanche de dicas, sugestões e relatos de candidatos ao título. Chegaram respostas de todo o mundo, porém, o caminhão mais antigo foi encontrado praticamente no quintal da fábrica da DAF em Eindhoven, na Holanda. Para ser exato, na aldeia de Bakel.

   O caminhão DAF mais antigo integra um negócio familiar de parques de diversões da família holandesa Hoefnagels, que utiliza o caminhão para transportar sua atração por todo o território dos Países Baixos.

FOTON reforça presença no Brasil

   A FOTON, uma das maiores fabricantes de caminhões do mundo, com sede na China, reforça sua presença no Brasil para atuar de forma estratégica e intensa, incrementando toda a operação já existente, introduzida no País pela Foton Aumark do Brasil, empresa 100% brasileira em meados de 2010. A operação comercial administrada pela representante brasileira se concentra nas vendas da linha de comerciais leves e caminhões leves que foram nacionalizados como parte do programa INOVAR-AUTO. Veículos de entrada como o Foton 3.5-11 DT estão sendo importados e comercializados de forma a complementar o portfólio atual. A representante local, agora em fase de reestruturação, vem atuando de forma exclusiva no Brasil, tanto para nacionalização dos produtos, criação e expansão da rede de concessionárias, como para fabricação, importação e venda dos produtos da marca, de forma totalmente independente.

   Atualmente a FOTON vende cerca de 600 mil veículos por ano globalmente, 90% deste volume de veículos comerciais, ou seja, praticamente oito anos da produção brasileira, com exportações para mais de 100 países e um volume que passa das 60 mil unidades. No mundo a empresa conta com 40 mil colaboradores, duas mil concessionárias e, no ano passado, o faturamento foi de US$ 7,5 bilhões. A filial brasileira é a quinta unidade industrial da FOTON fora da China, que já conta com fábricas na Tailândia, Vietnã, Quênia e Argélia em construção.

   O Brasil faz parte de um plano estratégico para que a FOTON atue mais ativamente no mercado ocidental, onde terá fundamentalmente empresas de origem europeia como competidores locais instalados há vários anos nestes países. Isso permitirá elevar os padrões de requerimentos dos produtos, fato que pode ser confirmado também pela parceria estratégica que a FOTON possui na China com a Daimler nos caminhões pesados.

Discovery Sport 2019 com versão especial

   A Land Rover acaba de lançar uma edição especial para a linha 2019 do Discovery Sport, a Landmark Edition. Limitado a 70 unidades no mercado brasileiro, o modelo tem como base a versão SE e incorpora elementos de design exclusivos. O Discovery Sport Landmark Edition já está disponível nas concessionárias Land Rover de todo o país com preços a partir de R$ 274.500,00.

   A edição especial vem equipada com motor Ingenium 2.0 Turbo Diesel, capaz de gerar 180 cv de potência e 430 Nm de torque. Desenvolvidos pela Jaguar Land Rover em seu centro de fabricação de motores no Reino Unido, os motores Ingenium Turbo Diesel de 2.0 litros são os mais eficientes da Land Rover em termos de combustível.

   Disponível nas cores Cinza Corris e Branco Yulong, o Discovery Sport Landmark Edition também conta com rodas de liga leve aro 19”, similares às disponibilizadas na versão HSE, com acabamento diferenciado em Dark Grey e possui teto contrastante em Cinza Carpathian. No interior, vem equipado com teto panorâmico fixo, acabamento do teto em Ebony e bancos em couro granulado com 10 movimentos elétricos. Como opcional, oferece o pacote de 5+2 lugares.

   O Discovery Sport é o veículo mais versátil da gama Land Rover, oferecendo níveis de conforto exemplares e capacidade para enfrentar todos os tipos de terreno sem dificuldade.

Investimento de meio bilhão de euros em caminhões autônomos

   A Daimler Trucks anunciou que investirá mais 500 milhões de Euros no desenvolvimento de caminhões autônomos (SAE Nível 4).

   A automação de Nível 4 se caracteriza pela rodagem autônoma em áreas definidas e entre locais específicos, dispensando a intervenção do motorista. No transporte rodoviário comercial, essa tecnologia é a próxima fase depois do Nível 2, aumentando a eficiência e a produtividade para os clientes e reduzindo os custos operacionais. Assim, a Daimler Trucks pula a etapa intermediária Nível 3 (condução autônoma condicional).

   Líder mundial na produção de caminhões, a Daimler Trucks tem sido pioneira no desenvolvimento de veículos autônomos há anos. Em 2014, apresentou o Future Truck 2025 da Mercedes-Benz, primeiro caminhão autônomo do mundo, e foi a primeira a demonstrar as oportunidades.

   Os caminhões autônomos (Nível 4) oferecem muitas vantagens. Atualmente, há uma crescente demanda na sociedade por estradas mais seguras e soluções de transporte mais sustentáveis – e os caminhões com Nível 4 podem contribuir para isso. Esses veículos melhoram a segurança devido ao grande número de sensores e sistemas que nunca ficam cansados e nem deixam de estar atentos.

   Essa tecnologia também melhora a eficiência e a produtividade devido ao maior uso dos veículos. É possível, por exemplo, viajar à noite e evitar os congestionamentos por meio do gerenciamento inteligente das rotas. Isso tem efeitos positivos para os clientes de caminhões e para toda a economia: a competitividade está fortemente relacionada à eficiência da logística. Esse aspecto se torna cada vez mais relevante, pois se prevê que o volume global de transporte rodoviário de carga vai mais que dobrar entre 2015 e 2050.

Direção autônoma já é realidade na linha Mercedes-Benz no Brasil

   Em 2018, a Mercedes-Benz do Brasil, em parceria exclusiva com a Grunner, empresa de tecnologia para o campo, lançou o Axor 3131 com direção autônoma. Esse é o primeiro caminhão da marca com condução autônoma a ser utilizado numa operação diária de colheita de cana-de-açúcar no Brasil.

   O Axor 3131 atua lado a lado com as colhedoras de cana, também de condução autônoma, que fazem a colheita e o corte, já lançando a cana picada diretamente na carroçaria do caminhão. Terminado o carregamento, o motorista assume o controle do Axor para a etapa de transbordo aos treminhões, ou seja, o descarregamento da carga nos caminhões de maior capacidade, que completam o ciclo de transporte levando a cana às usinas de açúcar e etanol.