Trânsito

Uso do aplicativo do Detran.SP Trânsito por caiu no gosto dos motoristas

O aplicativo do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) para celulares caiu no gosto dos motoristas paulistas. Desde a sua estreia, em 2015, a quantidade de serviços realizados por meio do sistema cresceu 640%, e a expectativa é de novas altas com o aumento das facilidades que serão implantadas.

Ainda neste ano, o aplicativo vai contar com consulta para comprovar a autenticidade de qualquer CNH – serviço excelente para o comércio, por exemplo, rastreamento de emissão de documentos e emissão da certidão da habilitação – todos serviços que já estão disponíveis no portal do Detran.SP, por meio do www.detran.sp.gov.br

A novidade mais recente implantada no aplicativo foi um painel com todas as informações do veículo do condutor, como último licenciamento realizado, mês do licenciamento obrigatório e consulta de multas, débitos e restrições. Um mesmo painel já fornece todas as informações sobre a habilitação do condutor.

No mesmo aplicativo dá para consultar veículos de terceiros (com placa e número do Renavam), checar pontos na CNH, pedir a 2ª via da habilitação, agendar serviços de manutenção no veículo, fazer indicação de condutor, acompanhar seus pedidos junto ao Detran.SP, tirar dúvidas e receber orientações diversas.

O aplicativo é importante porque, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), 92% das casas brasileiras já têm, ao menos, um telefone móvel. Ainda segundo a pesquisa, o celular já é o equipamento mais utilizado para o acesso à internet (95%), tomando a frente do computador (64%).

“A mobilidade é fundamental na vida das pessoas hoje, e o Detran.SP também caminha nessa direção. Nosso objetivo, a médio e longo prazo, é oferecer no aplicativo para celular todos os 43 serviços online disponíveis no portal”, afirmou Jânio Loiola de Oliveira, diretor de Atendimento ao Cidadão do Detran.SP.

Aplicativo:

Para acessar o aplicativo do Detran.SP, o cidadão com smartphone deve acessar a loja de aplicativos dos sistemas Android ou IOS e baixar o produto. O motorista pode se cadastrar direto no aplicativo para acessar os serviços. Ele vai precisar da CNH para informar o número do CPF e da habilitação, por exemplo.